Pastoral

“Um toque libertador”

Tocar no Manto
Aline Medina
Escrito por Aline Medina

Marcos 5. 25-29

25.E estava ali certa mulher que havia doze anos vinha sofrendo de uma hemorragia.
26.Ela padecera muito sob o cuidado de vários médicos e gastara tudo o que tinha, mas, em vez de melhorar, piorava.
27.Quando ouviu falar de Jesus, chegou-se por trás dele, no meio da multidão, e tocou em seu manto,
28.porque pensava: “Se eu tão-somente tocar em seu manto, ficarei curada”.
29.Imediatamente cessou sua hemorragia e ela sentiu em seu corpo que estava livre do seu sofrimento.”

 

Jesus estava a caminho da casa de Jairo que o chamara para que Ele curasse sua filha que estava morrendo. Junto com Ele pelo caminho, uma multidão o seguia.

De repente Jesus percebe que alguém o tocara, mas não um toque comum, um toque diferente, pois ele sabia que através desse toque, saíra dele poder. Ele então pergunta aos discípulos se eles sabiam quem o tinha tocado daquele jeito, e a resposta dos discípulos para Ele foi: “Mestre, não vê quantas pessoas estão te seguindo? Muitas estão te tocando, como vamos saber quem te tocou agora?”. Foi quando aquela mulher prostrou-se aos pés de Jesus e contou-lhe o que havia acontecido com ela. Ela sofria há 12 anos de uma hemorragia, já havia gastado todo seu dinheiro com tratamentos para ser curada, mas nada adiantou. Até que ela vai ao encontro de Jesus, e no meio daquela multidão, ela consegue tocar o Mestre, com a certeza de que apenas aquele toque seria suficiente para que ela fosse curada!

A pergunta é: o que tinha de diferente no toque daquela mulher que a fez ser curada? O que tinha naquele toque que fez Jesus parar e percebê-la no meio da multidão?

A resposta é: TUDO! Aquele toque tinha tudo!

Tinha toda sua fé e esperança, toda sua angústia e desespero, tinham todos os anos de sua vida perdidos por causa do seu sofrimento, tinham todos os seus bens que perdera no decorrer desses anos na tentativa de curar sua enfermidade. Com aquele toque, ela se achegou ao Senhor com todo o seu coração, com tudo o que ela tinha.

O que nos impede muitas vezes de vivermos os milagres, é a maneira como nos achegamos a Jesus. Nós mesmos somos a multidão que dificulta nossa aproximação do Senhor. Jesus é o mesmo, Ele não mudou e nunca mudará, Ele realizava milagres e continua realizando.

Que possamos nos achegar ao Senhor e tocá-lo com tudo o que somos e com tudo o que temos. Que o nosso toque possa ser completo, cheio de sinceridade, fé e esperança.

Precisamos enfrentar a multidão e colocar diante do Senhor nossos corações, nossas necessidades, nossos medos e dificuldades, tendo a certeza de que Ele nos ouvirá e que Dele virá tudo aquilo que buscamos e precisamos.

Assine a nossa Newsletter

Assine a nossa Newsletter

Receba o melhor conteúdo do nosso blog direto no seu e-mail. Notícias, novidades e muita informação para você crescer em conteúdo e na fé. 

Basta você colocar o seu e-mail aqui embaixo e uma confirmação chegará para você. Deus Abençoe!

Sua assinatura foi registrada!

Sobre o Autor

Aline Medina

Aline Medina

Aline Medina nasceu na cidade de São Bernardo do Campo em São Paulo. Casada com Raphael Medina, mãe do Gabriel e da Isabella.
Formada em Administração de Empresas pela FEI, e na área ministerial foi ministra de louvor e líder de ministério de mulheres. Hoje é pastora na igreja Assembléia de Deus Alto do Ipiranga, a ADAI.

Nenhum comentário até o momento.

  • Olá, visitante