Pastoral

Qual é o seu quadrado?

arq_30187
Rodrigo Soeiro
Escrito por Rodrigo Soeiro

Graça e Paz da parte de Deus e do nosso Senhor Jesus!

A Ele seja a minha gratidão pela vida de todos vocês que estão lendo essa devocional!

Atos 6:1-6

“Naqueles dias, crescendo o número de discípulos, os judeus de fala grega entre eles queixaram-se dos judeus de fala hebraica, porque suas viúvas estavam sendo esquecidas na distribuição diária de alimento.

Por isso os Doze reuniram todos os discípulos e disseram: “Não é certo negligenciarmos o ministério da palavra de Deus, a fim de servir às mesas.

Irmãos, escolham entre vocês sete homens de bom testemunho, cheios do Espírito e de sabedoria. Passaremos a eles essa tarefa

e nos dedicaremos à oração e ao ministério da palavra”.

Tal proposta agradou a todos. Então escolheram Estêvão, homem cheio de fé e do Espírito Santo, além de Filipe, Prócoro, Nicanor, Timom, Pármenas e Nicolau, um convertido ao judaísmo, proveniente de Antioquia.

Apresentaram esses homens aos apóstolos, os quais oraram e lhes impuseram as mãos.”

Reflexão

Um dos grandes desafios que tenho na vida pastoral é encaminhar as pessoas certas para exercerem as funções certas pelas quais o Senhor as capacitou. Infelizmente eu faço parte de uma geração que compreendia que ser relevante na igreja era pregar e/ou cantar, ou seja, ser relevante para o Reino de Deus era estar em cima de um púlpito fazendo alguma coisa dentro da liturgia de um culto. Quanto tempo perdido! rs

O texto acima vem nos ensinar que naquele momento da história o número de discípulos estava crescendo muito, e por conta disso o “pente fino” dos relacionamentos e serviços não estavam ocorrendo de maneira tão eficiente. Em outras palavras, os apóstolos estavam muito sobrecarregados. Para dar conta de tantas atividades, alguns homens de Deus foram separados para fazerem atividades tão NOBRE e tão DIGNAS quanto oração e pregação – diáconos foram levantados para servirem as viúvas e os necessitados daquela sociedade.

Minha oração é que eu e você possamos encontrar o nosso “quadrado” no Reino de Deus. Que possamos pedir a Deus o que Ele deseja qua façamos em Sua Igreja. Independente se vamos pregar, cantar, orar, servir, etc, entendamos que em todas essas funções podemos ser relevantes para que o Reino dos Céus seja gerado no coração das pessoas e o nome do Senhor venha ser glorificado!

“Eu plantei, Apolo regou, mas que deu o crescimento foi o Senhor.”

No amor de Cristo Jesus,

Pr. Soeiro.

Assine a nossa Newsletter

Assine a nossa Newsletter

Receba o melhor conteúdo do nosso blog direto no seu e-mail. Notícias, novidades e muita informação para você crescer em conteúdo e na fé. 

Basta você colocar o seu e-mail aqui embaixo e uma confirmação chegará para você. Deus Abençoe!

Sua assinatura foi registrada!

Sobre o Autor

Rodrigo Soeiro

Rodrigo Soeiro

Rodrigo Soeiro nasceu em 03 de fevereiro de 1.985 em São Paulo. É esposo da Tatiane e pai do Davi e do Lorenzo. Além de cantor, músico, compositor, arranjador, ele também é pastor da Igreja Assembleia de Deus Alto do Ipiranga, conhecida como ADAI.

6 comentários

  • Olá, visitante