Pastoral

O chamado de Jeremias

rico_e_lazaro_vitor_hugo_1503_free_big_fixed_big
Rodrigo Soeiro
Escrito por Rodrigo Soeiro

Jeremias 1:1-10

As palavras de Jeremias, filho de Hilquias, um dos sacerdotes de Anatote, no território de Benjamim. A palavra do Senhor veio a ele no décimo terceiro ano do reinado de Josias, filho de Amom, rei de Judá, e durante o reinado de Jeoaquim, filho de Josias, rei de Judá, até o quinto mês do décimo primeiro ano de Zedequias, filho de Josias, rei de Judá, quando os habitantes de Jerusalém foram levados para o exílio. A palavra do Senhor veio a mim, dizendo: “Antes de formá-lo no ventre eu o escolhi; antes de você nascer, eu o separei e o designei profeta às nações”. Mas eu disse: “Ah, Soberano Senhor! Eu não sei falar, pois ainda sou muito jovem”. O Senhor, porém, me disse: “Não diga que é muito jovem. A todos a quem eu o enviar você irá e dirá tudo o que eu lhe ordenar. Não tenha medo deles, pois eu estou com você para protegê-lo”, diz o Senhor. O Senhor estendeu a mão, tocou a minha boca e disse-me: “Agora ponho em sua boca as minhas palavras. Veja! Eu hoje dou a você autoridade sobre nações e reinos, para arrancar, despedaçar, arruinar e destruir; para edificar e para plantar”.

Enredo

Esse texto que acabamos de ler, registra o chamado ministerial na vida do profeta Jeremias! O chamado começa assim: “Jeremias, filho de Hilquias, um dos sacerdotes de Anatote, no território de Benjamim. A palavra do Senhor veio a ele no décimo terceiro ano do reinado de Josias, filho de Amom, rei de Judá, e durante o reinado de Jeoaquim, filho de Josias, rei de Judá, até o quinto mês do décimo primeiro ano de Zedequias, filho de Josias, rei de Judá, quando os habitantes de Jerusalém foram levados para o exílio.”

Eu não sei se nessa leitura vocês conseguem notar, mas Deus tentou falar com Jeremias em 3 diferentes fazes de sua vida! Não foi um dia específico; muito pelo contrário, foi no mínimo em 3 reinados diferentes na história. A primeira tentativa de Deus em chamar Jeremias ocorreu nos dias que o Rei Josias reinava o povo de Deus. A segunda tentativa ocorreu nos dias que o Rei Jeoaquim reinava. A terceira tentativa ocorreu nos dias que o Zedequias reinava.

Eu não sei se vocês compreendem assim, mas me parece que Deus chamava Jeremias, porém ele não tinha coragem de aceitar o chamado do Senhor e colocar o seu ministério profético em prática. Lendo o texto e percebendo essa resistência de Jeremias em aceitar o seu chamado profético, algumas perguntas surgem: Porque Jeremias estava tão resistente em ouvir e obedecer a voz de Deus? Ou o que estaria fazendo Jeremias se acovardar mediante o chamado de Deus pra sua vida?

Lendo e relendo o texto, a gente encontra algumas pistas que provavelmente faziam Jeremias não querer aceitar o chamado do Senhor!

Motivo 1

É que através da sua profecia ele teria que corrigir o povo, corrigir o rei, corrigir os levitas e também teria que corrigir os sacerdotes. Até porque o sacerdócio estava quase em sua totalidade corrompido e o pior de tudo, Jeremias era filho de um sacerdote, o sacerdote Hilquias! Ou seja, um dos motivos que Jeremias estava resistente em aceitar o seu ministério profético, era que o seu público – alvo iriar atingir o seu próprio pai, os amigos de seu pai que eram sacerdotes e toda sociedade!

Motivo 2

Jeremias estava sendo resistente ao seu ministério profético por conta da sua idade! Jeremias se achava muito novo e era novo mesmo. Historiadores falam que ele tinha por volta de 10 a 25 anos nas três vezes que Deus falou com ele. E para um judeu, uma pessoa só pode ser considerada adulta – responsável e por consequência assumir uma função de profeta, se tivesse mais que 30 anos.

Entendo esse contexto, a gente compreende o motivo pelo qual Jeremias não estava querendo assumir seu ministério profético!

1. Para não ferir seu pai e toda sociedade

2. Por conta da sua idade

Interferência divina

Porém, o que eu acho mais lindo, é que Deus não menospreza as crises de Jeremias, assim como ele não menospreza as nossas crises. Muito pelo contrário. Ele avalia o porque de Jeremias não aceita o seu ministério e de maneira paternal e carinhosa vem oferecer um remédio para as crises dele, e uma das palavras que Deus vem dizer ao Jeremias é o seguinte: “Jeremias, antes de formá-lo no ventre eu o escolhi; antes de você nascer, eu o separei e o designei profeta às nações”. Não diga que é muito jovem. Pois a todos a quem eu o enviar você irá e dirá tudo o que eu lhe ordenar. Não tenha medo deles, pois eu estou com você para protegê-lo. Agora ponho em sua boca as minhas palavras. Veja! Eu hoje dou a você autoridade sobre nações e reinos, para arrancar, despedaçar, arruinar e destruir; para edificar e para plantar”.

Em outras palavras, Deus estava dizendo o seguinte: “Jeremias… Eu sei que você é novo e também sei que todos te acham novo, porém sou eu, o Senhor, que falo com você. Sou eu que te conheço antes mesmo de você se tornar um embrião no ventre de sua mãe e ainda na sua formação embrionária, eu já te santifiquei, te separei e te dei por profeta as nações. E por eu tocar em sua boca e colocar as minhas palavras em sua boca, a sua profecia será tão poderosa e tão confrontadora… Que o que tiver que arrancar você vai arrancar. O que tiver que derrubar você vai derrubar. O que tiver que destruir você vai destruir. O que tiver que arruinar você vai arruinar. O que tiver que plantar você plantar e o que tiver que construir você vai construir!”

E o que eu acho interessante, é que antes mesmo dele fazer uma contra-proposta, o próprio Deus falou: “Prepare-se Jeremias! Vá dizer-lhes tudo o que eu ordenar. Não fique aterrorizado por causa deles, senão eu o aterrorizarei diante deles. E hoje eu faço de você uma cidade fortificada, uma coluna de ferro e um muro de bronze, contra toda a terra: contra os reis de Judá, seus oficiais, seus sacerdotes e o povo da terra. Eles lutarão contra você, mas não o vencerão, pois eu estou com você e o protegerei”, diz o Senhor.”

Aplicação

O que a gente pode importar do chamado de Jeremias para o nosso chamado?

Pouco importa para Deus se temos pouca ou muita idade. Pouco importa para Deus se somos novos ou antigos convertidos. O que importa para Deus é o quanto estamos dispostos em assumir os riscos a favor do Reino dele, custando o que custar e doendo a quem tiver que doer!

Ser um verdadeiro profeta de Deus inclusive no século XXI é ter que muitas vezes derrubar prioridades que um dia a gente ergueu. Arrancar do nosso coração sentimentos que um dia a gente semeou e destruir projetos que um dia nós construímos fora da vontade de Deus. É por esse motivo que a Palavra de Deus relata que muitos são chamados, porém poucos são escolhidos! Muitos começam suas atividades no Reino de Deus com todo vapor, porém no meio do chamado não aguentam o tranco. Até são boas pessoas, mas ao mesmo tempo que querem ser relevantes, querem viver uma passividade, vivendo numa espécie de “Banho Maria” a favor do Reino de Deus. Até desejam se envolver com as coisas da igreja e de Deus, desde que as coisas de Deus e a igreja não venham comprometer suas próprias vontades pessoais!

Conclusão

Minha oração pra essa noite é que você aceite o chamado profético que Deus tem pra sua vida. Não diga que você é novo ou velho demais. Também não tenha medo das possíveis oposições que você vai encontrar na sua casa, familia, empresa, etc. Limpemos em nossa vida o que você tivermos que limpar. Arranquemos o que tivermos que arrancar. Derrubemos tudo o que construímos fora da vontade de Deus e construamos o que tivermos que construir!

Se houver da nossa parte essa pró-atividade, a profecia do versículo 18 a 19 vai acontecer: “Hoje eu faço de você uma cidade fortificada, uma coluna de ferro e um muro de bronze, contra toda a terra: contra os reis de Judá, seus oficiais, seus sacerdotes e o povo da terra. Eles lutarão contra você, mas não o vencerão, pois eu estou com você e o protegerei”, diz o Senhor.”

No amor de Cristo Jesus!

Assine a nossa Newsletter

Assine a nossa Newsletter

Receba o melhor conteúdo do nosso blog direto no seu e-mail. Notícias, novidades e muita informação para você crescer em conteúdo e na fé. 

Basta você colocar o seu e-mail aqui embaixo e uma confirmação chegará para você. Deus Abençoe!

Sua assinatura foi registrada!

Sobre o Autor

Rodrigo Soeiro

Rodrigo Soeiro

Rodrigo Soeiro nasceu em 03 de fevereiro de 1.985 em São Paulo. É esposo da Tatiane e pai do Davi e do Lorenzo. Além de cantor, músico, compositor, arranjador, ele também é pastor da Igreja Assembleia de Deus Alto do Ipiranga, conhecida como ADAI.

Um comentário

  • Olá, visitante
  • Obrigada, pastor por esse texto desafiador e encorajador. Obrigada por através do Espírito Santo nos permitir entender que Deus jamais usará as nossas vidas em nossas zonas de conforto ou comodidade! Definitivamente não podemos querer fazer as contas ante o chamado do Senhor, nossa confiança precisa estar alicerçada na certeza de que Ele se responsabiliza e estará conosco até a consumação dos séculos!