Missões Pastoral

Alfa e Ômega

alfa
Rodrigo Soeiro
Escrito por Rodrigo Soeiro

Apocalipse 22:8-13

Eu, João, sou aquele que ouviu e viu estas coisas. Tendo-as ouvido e visto, caí aos pés do anjo que me mostrou tudo aquilo para mim, para adorá-lo. Mas ele me disse: “Não faça isso! Sou servo como você e seus irmãos, os profetas, e como os que guardam as palavras deste livro. Adore a Deus! ” Então me disse: “Não sele as palavras da profecia deste livro, pois o tempo está próximo. Continue o injusto a praticar injustiça; continue o imundo na imundícia; continue o justo a praticar justiça; e continue o santo a santificar-se”. “Eis que venho em breve! A minha recompensa está comigo, e eu retribuirei a cada um de acordo com o que fez. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Primeiro e o Último, o Princípio e o Fim.

Introdução

Na minha humilde opinião, os textos mais desafiadores para se pregar são os textos do Apocalipse. São difíceis pois muitos deles apontam para coisas que aconteceram, coisas que estão acontecendo e coisas que ainda acontecerão!

Contextualização da perícope

Acredito que a maioria de vocês sabem, mas não custa nada lembrar que quem escreveu o Apocalipse foi João. Foi escrito por volta dos anos 90 depois de Cristo, quando ele, João, estava exilado numa ilha de nome Patmos!

Enredo

Do capítulo 1 ao 22, João viu e ouviu coisas que ele nunca tinha imaginado ver e ouvir. Tanto é verdade, que nesse capítulo que nós acabamos de ler que é o 22, que já é o fim da profecia, João está tão anestesiado com tudo que viu e ouviu,  que caiu aos pés do Anjo que estava revelando o Apocalipse todo pra ele e começou a adorá-lo. Quando o anjo viu que João estava o adorando, ele deu uma “coça” no João dizendo: ”Não faça isso, João! Sou servo como você e seus irmãos, os profetas, e como os que guardam as palavras deste livro. (Não adore a mim), Adore a Deus!”

Depois dessa rápida porém relevante bronca, o Anjo deu um conselho para João e o conselho foi esse: “João, não sele as palavras da profecia deste livro, pois o tempo está próximo.” Em outras palavras… João, não esconda das pessoas tudo o que você sabe agora. Conte isso para o maior número que você conseguir! Até porque João, o tempo está próximo!

A grande preocupação de Deus através daquele Anjo, era falar para João que tudo aquilo que estava sendo revelado a ele naquela ilha, não era pra ser trancafiado em quatro paredes, mas sim, pra ser propagado aos quatro cantos da terra!

Depois que o Anjo deu esse alerta para o João, esse mesmo Anjo vem dizer um dos textos mais difíceis de compreensão no Apocalipse: “Continue o injusto a praticar injustiça; continue o imundo na imundícia!” Teoricamente, o texto deveria estar assim… O injusto comece a fazer justiça. O imundo tenha a pró-atividade de se limpar! Mas não, até parece que o Anjo está falando… Já ta lascado, se lasque mais ainda! Já tomou um gole de cerveja, seja um alcoólatra mesmo! Já fumou um baseado, cheire cocaína!

Numa primeira leitura, até parece que o Anjo está incentivando as pessoas a permanecerem do jeito que estão, mas na verdade, a gente só consegue compreender o que o Anjo quis dizer, quando ele completa a fala dizendo: “Assim diz o Senhor: Eis que venho em breve! A minha recompensa está comigo, e eu retribuirei a cada um de acordo com o que fez. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Primeiro e o Último, o Princípio e o Fim.”

Olhem que interessante, quando então o João pede para os injustos cometerem mais injustiças e os imundos cometerem mais imundícias, na verdade o que Anjo quis dizer, é que não é falta ou o excesso de injustiça e imundícia no mundo que fará Jesus voltar ou não… Não. Ele voltará! As pessoas querendo ou não querendo. O mundo querendo ou não querendo. As pessoas acreditando ou não acreditando. As pessoas fazendo justiça ou injustiça. As pessoas praticando santidade ou sujeira. Ele voltará e recompensará todos aqueles que não se contaminarem!

Enfim, falei tudo isso, mas o tema escolhido para hoje é: “Eu sou o Alfa e o Ômega, o Primeiro e o Último, o Princípio e o Fim!”

O que significa essa expressão?

Na literatura grega, quem tinha o domínio das letras (alfa e ômega), era muito respeitado naquela sociedade. Quem tinha o domínio dos numerais (primeiro e último), também era muito respeitado naquela sociedade. E quem tinha o domínio de decifrar os dias, a semana, os meses e os anos tempos (princípio e fim), também era muito respeitado naquela sociedade.

Mas o que o Anjo quis dizer para João e pra todos nós, é que Jesus não tinha apenas o conhecimento do alfa e do ômega mas Ele era o próprio Alfa e Ômega! Jesus não tinha apenas o conhecimento dos numerais, mas Ele era a própria união de todos os números que a mente humana pode e não pode contar. E o que o Anjo também quis dizer para João e pra todos nós, é que Jesus não tinha apenas o conhecimento dos dias, das semanas, dos meses e dos anos… Não! Mas nEle os dias acontecem, nEle as semanas acontecem, nEle os meses acontecem e nEle os anos acontecem!

João estava entendo aqui, aquilo que Paulo também entendeu quando escreveu em Efésios 1:9-10: “Deus nos revelou o mistério da sua vontade, de acordo com o seu bom propósito que ele estabeleceu em Cristo, isto é, de fazer convergir em Cristo todas as coisas, celestiais ou terrenas, na dispensação da plenitude dos tempos.” E também aquilo que o mesmo Paulo escreveu em Romanos 11:36: “Pois dele, por ele e para ele são todas as coisas. A ele seja a glória para sempre! Amém.”

Em resumo…

Enquanto os gregos e romanos precisavam ter o domínio das letras do alfabeto para terem o devido respeito naquela sociedade… Enquanto os gregos e romanos precisavam ter o domínio dos numerais para terem o devido respeito naquela sociedade… Enquanto os gregos e romanos precisavam ter o domínio dos dias, semanas, meses e anos para terem o devido respeito naquela sociedade… O Anjo vem revelar pra João e pra todos nós que Jesus era o próprio RESPEITO a qual todos deveriam se render se realmente desejasse viver com Ele aqui e na eternidade!

Conclusão

Termino esse sermão lendo os últimos versículos do Apocalipse…

Eu sou o Alfa e o Ômega, o Primeiro e o Último, o Princípio e o Fim. “Felizes os que lavam as suas vestes, para que tenham direito à árvore da vida e possam entrar na cidade pelas portas. Fora ficam os cães, os que praticam feitiçaria, os que cometem imoralidades sexuais, os assassinos, os idólatras e todos os que amam e praticam a mentira. “Eu, Jesus, enviei o meu anjo para dar a vocês este testemunho concernente às igrejas. Eu sou a Raiz e o Descendente de Davi, e a resplandecente Estrela da Manhã”. O Espírito e a noiva dizem: “Vem! ” E todo aquele que ouvir diga: “Vem! ” Quem tiver sede, venha; e quem quiser, beba de graça da água da vida. Declaro a todos os que ouvem as palavras da profecia deste livro: se alguém lhe acrescentar algo, Deus lhe acrescentará as pragas descritas neste livro. Se alguém tirar alguma palavra deste livro de profecia, Deus tirará dele a sua parte na árvore da vida e na cidade santa, que são descritas neste livro. Aquele que dá testemunho destas coisas diz: “Sim, venho em breve! ” Amém. Vem, Senhor Jesus! A graça do Senhor Jesus seja com todos. Amém!

No amor de Cristo Jesus!

Assine a nossa Newsletter

Assine a nossa Newsletter

Receba o melhor conteúdo do nosso blog direto no seu e-mail. Notícias, novidades e muita informação para você crescer em conteúdo e na fé. 

Basta você colocar o seu e-mail aqui embaixo e uma confirmação chegará para você. Deus Abençoe!

Sua assinatura foi registrada!

Sobre o Autor

Rodrigo Soeiro

Rodrigo Soeiro

Rodrigo Soeiro nasceu em 03 de fevereiro de 1.985 em São Paulo. É esposo da Tatiane e pai do Davi e do Lorenzo. Além de cantor, músico, compositor, arranjador, ele também é pastor da Igreja Assembleia de Deus Alto do Ipiranga, conhecida como ADAI.

Nenhum comentário até o momento.

  • Olá, visitante