Pastoral

4 Conversas que Desenvolvem Líderes e Futuros Líderes

conversa
Rodrigo Soeiro
Escrito por Rodrigo Soeiro

Um grande desenvolvimento de liderança vem através das conversas que você tem com as pessoas. Na vida de um líder e na busca de líderes em desenvolvimento, haverão muitas conversas diferentes que você precisará navegar.

Aqui estão algumas das conversas que você precisará ter e como você pode abordá-las:

1. Uma pergunta a ser feita: “Você já considerou ser um servo-líder?”

Você vê potencial em alguém? Você acredita que alguém tem a capacidade de desempenhar um papel fundamental em sua equipe e um dia se tornar um grande líder? Tudo começa com as conversas que você tem com elas. Seja intencional nas perguntas que você faz. Faça-lhes perguntas difíceis para levantar seu nível de pensamento. Todo mundo tem potencial, mas algumas pessoas simplesmente não estão conscientes do que elas têm. Incentive-as. Capture o coração das pessoas que estão a sua volta. Ajude-as a perceber que há uma necessidade e que elas têm uma parte a desempenhar em ser parte da solução. Ajude-as a ver o valor no voluntariado e o potencial que elas tem em construir a igreja ao seu lado.

2. Outra pergunta a ser feita: “Como você está fazendo?”

Como líderes, é importante certificar-se de que os membros da sua equipe estão felizes e saudáveis. Não faz sentido esticar-se continuamente e adicionar responsabilidades a sua equipe, se internamente eles estão desmoronando. Certifique-se de que você está desempenhando seu papel em cuidar da longevidade deles. Faça as perguntas: “Como você está?”, “Você precisa lutar com mais calma?”, “Você precisa de um intervalo?”, etc.

3. Um conselho: “Você precisa avançar”

A realidade é que as pessoas são gente. É fácil para as pessoas decepcioná-lo e é por isso que, como líderes, é tão importante que estabeleçamos expectativas claras para nossas equipes. É difícil manter as pessoas em um padrão que não conhecem. Deve haver um período de ensino antes de um período de liberação.

Também é importante lembrar que, às vezes, há mais coisas na vida das pessoas do que você percebe. Então, antes de começar a confrontar alguém por estar atrasado o tempo todo, descubra o que está acontecendo na sua vida. Se elas estão sempre atrasadas, por exemplo, talvez exista um problema que você não conhece ou é apenas um gerenciamento de tempo ruim, talvez exista algo com o que você pode ajudar…

Quando você está tendo essas conversas, tenha confiança. As pessoas precisam saber que você se importa com elas e que não está vindo para apenas criticar, mas sim com o desejo de ajudá-las a crescerem.

4. Um princípio: “Lugar direito, tempo direito”

O conflito com as pessoas é inevitável. Quando isso acontece, certifique-se de ter conversas ativamente. Venha junto com aquelas em conflito, ouça suas opiniões e considere sua perspectiva. As pessoas precisam se sentir valorizadas e ouvidas. Se o conflito ainda ocorrer e elas não entrarem em alinhamento, pode ser que tenhamos que reposiciona-las para outra área que se adapte às suas forças. O conflito geralmente pode ocorrer porque elas não estão no lugar certo e no momento certo. Ajudar as pessoas a reconhecer sua fase e navegar como elas pode contribuir para construir uma igreja saudável.

Em resumo…

O que o voluntariado faz para as pessoas é maravilhoso, pois ajuda as pessoas a crescerem em seu potencial de liderança e intensificarem em tudo o que Deus tem para elas. Lute por pessoas e ajude-as a perceber que são desejadas e apreciadas.

Texto original: Network Leadership 

Adaptação para o português: Rodrigo Soeiro

Assine a nossa Newsletter

Assine a nossa Newsletter

Receba o melhor conteúdo do nosso blog direto no seu e-mail. Notícias, novidades e muita informação para você crescer em conteúdo e na fé. 

Basta você colocar o seu e-mail aqui embaixo e uma confirmação chegará para você. Deus Abençoe!

Sua assinatura foi registrada!

Sobre o Autor

Rodrigo Soeiro

Rodrigo Soeiro

Rodrigo Soeiro nasceu em 03 de fevereiro de 1.985 em São Paulo. É esposo da Tatiane e pai do Davi e do Lorenzo. Além de cantor, músico, compositor, arranjador, ele também é pastor da Igreja Assembleia de Deus Alto do Ipiranga, conhecida como ADAI.

Um comentário

  • Olá, visitante
  • Excelente texto !!!!  conhecer o outro realmente não é uma tarefa simples. Mas só  pelo fato de se dispor a ajudar o próximo e andar com ele já é um ótimo começo.